A Casa Do Gato

A Mística dos Bichanos

“Pois o gato é enigmático e próximo de coisas estranhas que os homens não podem ver. Ele é a alma do antigo Egipto e portador de histórias de cidades esquecidas em Meroe e Ophir. Ele é o parente dos senhores da selva e herdeiro dos segredos da África sinistra e sinistra. A Esfinge é sua prima, e ele fala a língua dela; mas ele é mais antigo que a Esfinge e lembra-se daquilo que ela esqueceu. “ (HP Lovecraft , Os Gatos de Ulthar)

Clique nos links 😻

Continuando…

Ao longo da história , os gatos foram pata-a-pata com o sobrenatural. No Egito antigo, eles eram considerados sagrados para a deusa Bast; na Europa medieval, eles estavam ligados à bruxaria ; no Japão e na Rússia , são arautos da boa sorte; no mundo muçulmano , eles são vistos como Born Lucky , djinni benevolente, enquanto em outros lugares são precursores do infortúnio . Na cultura ocidental, os gatos supostamente têm nove vidas , e os gatos pretos, em particular, têm associações com bruxaria e má e boa sorte.

Não é novidade que, quando as pessoas escrevem sobre gatos em trabalhos com mágica, os gatos também tendem a ter magia.

Como todas as bruxas têm gatos , é quase certo que os gatos vão aparecer em um trabalho com bruxas e, na maioria das vezes, esses felinos possuem habilidades incomuns. Mesmo na mídia sem bruxaria, os gatos sozinhos às vezes são capazes de realizar feitos sobrenaturais, enquanto outros animais são extremamente mundanos . Se algum animal tem a capacidade de ser entendido por humanos ou de usar a fala humana fluentemente , é provável que seja um gato. Uma pessoa geralmente escolhe a forma de um gato ao usar a magia para disfarçar- se de animal . Da mesma forma, usar a transformação como forma de punição geralmente resulta em transformação felina . Às vezes, sua mágica pode aparecer no formato Siga o coelho branco . (Tv Tropes)

Normalmente, um gato mágico é inteligente , mas mesmo gatos não sapientes podem ter poderes mágicos. Intencionalmente ou não, os gatos podem até estar usando suas habilidades para acompanhar o The Masquerade . Apesar de tudo isso, os gatos não são muitas vezes Criaturas ‘amarradas’, exceto talvez para magistas nas suas obras. Talvez isso se deva à reputação de serem distantes e independentes. Esse tropo pode significar que um gato é um feiticeiro do mal se usado em uma história em que gatos são maus. Pura bobagem, gatos são gatos. Alguns demônios se transfiguram em gatos, mas não são gatos de verdade. Porém a ignorância desses fatos enchem as pessoas de superstições e medos.

Uma das preferidas deles…

Leave a Reply